Resenha: ATYPICAL



Estreado recentemente na NETFLIX  Atypcal, conta a historia de Sam, que tem 18 anos e está mostrando interesse em entra na sua vida adulta, porém ele é portador do autismo  e isso torna as coisas mais difíceis para ele e sua família.  No desenrolar da trama, podemos aprender muito sobre este espectro, como eles preferem mencionar, e se emocionar com cada cena. 

Dois papeis são fundamentais na narrativa: A mãe do Sam que se dedicou ao filho durante todos os anos de sua vida e com suas experiências conseguimos entender o quanto é  complicado a aceitação e  podemos também notar o papel importante em que o pai do Sam começa a ter no decorrer da história. 

É facil observar  o quando a família sofreu por não entender muito bem a doença, na verdade acredito  que nossa sociedade ainda não está totalmente informada sobre o assunto, no geral as pessoas só começam a se interessar quando estão vivenciado,  acredito que boa parte da população busca conhecimento depois que começa vivenciar. 

Mas como assim Nika? Pois bem,  eu tive o prazer de 
assistir a série, poder entender mais sobre autismo que nunca soube realmente o que era. E como eram os sintomas ou reações que se desenvolviam.
 A série me esclareceu e mostrou também que não é lá  um "bicho de sete cabeças", mas que ao mesmo tempo também não é fácil para família. Porém muitos de nós  sabemos que se não assistirmos uma série como esta que é bem explicativa,  ou tiver acesso ao conhecimento de alguma outra maneira, no nosso mundo não obteremos este conhecimento naturalmente, eis aí que as vezes isso gera bullyng e preconceito .

Minha opinião é  que todos deveriam assistir esta série, para conhecer o autismo e quebrar tabu.

Voltando sobre a narrativa da série,  Sam tem uma irmã super protetora e que não quer ve-lo sofrer  na escola ou no dia a dia. Ao decorrer da trama seu desenvolvimento também chama a atencao. O interessante é que podemos ver todos os personagens evoluindo e se adptando as necessidade de Sam.

A mãe do Sam passa por fases interessantes , de auto conhecimento também , por que as vezes na nossa vida coriqueira esquecemos de nós e ficamos ligado em uma  rotina e nós mulheres acabamos esquecendo do nosso eu.  Entao ela começa  a lembrar desse eu de forma inusitada e demonstram também o quanto é importante não nos esquecermos. Podemos ser mães, tias, avos ...  Mais não devemos esquecer de que somos Mulher.


Eu adorei a série e recomendo mesmo.
Espero que gostem como eu aprovei ..  Se já assistiu me conta o que achou, se ainda não assistiu o que achou da minha resenha? Te fez se interessar? 



Um grande beijo de sua Nika!

Nova fase no blog



Recomeços, como eu amo, o blog hoje entra em uma nova fase, por algum tempo eu desanimei do meu cantinho, passei por situações em que não fazia muito sentido pra mim continuar compartilhando sonhos aqui. Mas as coisas mudaram, graças a Deus começo hoje um novo momento na minha vida e claro, aqui também. E junto com todas essas novidades e essa vontade de voltar a compartilhar meu mundo, ganhei de presente hoje da minha irmã Dai Azevedo, um novo layout, um novo domínio e hoje o antigo "Para toda vida" fica mais pessoal e se torna o "Nika Azevedo".  

Para que você entenda o novo nome do blog, Nika é o apelido que eu tenho desde pequenininha, na verdade só a família e os mais íntimos me chamam assim, eu não sei ao certo a origem desse apelido, mas sei que gosto muito dele e pra mim hoje significa carinho, intimidade, lar.  Então porque não trazer isso cá pro meu blog? Afinal eu quero cada vez mais me sentir em casa por aqui também. 

Como não amar? Impossível, essa possibilidade de mudança está me fazendo muito feliz e eu só tenho a agradecer quem por aqui permaneceu mesmo na minha ausência. Dessa vez eu vim pra ficar e pra cada vez mais contar as coisas bacanas dessa vida.  Filmes que eu assistir, livros que eu ler, looks que usar, viagens que eu fizer, dessa vez virá pra cá em forma de registro dos meus sonhos sendo realizados. 


Espero que pra você leitor e amigo essa seja uma boa notícia e que permaneça aqui do meu lado para ver tudo que vem por aí.  Me despeço com carinho enorme do "Para toda vida", pois ele fez parte de momentos muito felizes também, mas também de autoconhecimento, resiliência. Então ele ficará pra sempre no meu coração, porém arrumo um espacinho novo para o "Nika Azevedo", retirando a poeira do que estava encostado em um canto faz um tempinho. 


Um grande beijo Dani ou melhor Nika ! 



NIKA AZEVEDO
LAYOUT POR LUSA AGÊNCIA DIGITAL