O Extraordinário (Livro - Filme)












Antes de ir ao cinema e conferir a história de Auggie,resolvi me arriscar na literatura. Vamos ao que eu achei!

Livro:

A história começa com Auggie falando sobre sua doença.
Se você está acostumado a ler, normalmente no primeiro capítulo o  autor descreve  os personagens e os locais.Neste caso ele não quer entrar em detalhe com a aparência do personagem principal.
 O personagem diz que sabe que não é um garoto comum de dez anos de idade. É incrível como ele conta tudo. 
Ele é um menino que nunca foi para escola,porém, sua mãe almeja que ele vá pois ela acredita que o ensino que a mesma oferece não é o suficiente e como todo pais querem o melhor para seus filhos, não tem muito como fugir.
Auggie não gosta muito da ideia mais todos dão força e apoio a mãe. Menos o pai que fica muito inseguro que até chega a mencionar que o filho seria um cordeiro indo para o abate.
Realmente naquele momento do livro imaginei que seria uma péssima ideia colocar ele numa escola. E foi a partir deste momento que o autor conseguiu me manter no livro e continue lendo e fui vendo o que ia acontecer .
Auggie e Via (sua irmã), tem uma cachorra velhinha chamada Daisy, parece ser dócil e Via tem uma amiga chamada Miranda.
E foi Miranda que presenteou Auggie  com um capacete de astronauta e que por sinal ele usou durante dois anos. Até o presente dele desaparecer drasticamente.
No decorrer da história você descobre que foi o seu pai que escondeu, coisa que só descobri no dia da formatura de Auggie. 
Ele foi para o 5 ano sem o capacete, passou por grandes desafios como no acampamento; Quando seu amigo Jack falou coisas horríveis Foi um momento terrível o momento  que o Augusto quis desistir de tudo isso ocorreu no  Halloween.
 Porém ele encontrou forças de onde eu jamais imaginaria é continuo e se formou.
Na formatura Augusto recebeu uma medalha de honra da escola aonde todos o aplaudiam de pé. E escreveu um preceito incrível aonde diz que "toda pessoa deveria ser aplaudida de pé pelo menos uma vez na vida, por que todos nós vencemos o mundo." August Pullman .  
Só posso dizer que amei tudo no livro me emocionei em cada momento. Em cada novo desafio e na despedida da Daisy.
Não posso deixar de mencionar que o que mais gostei é que o livro permite saber as versões dos outros além de August ... O que é incrível ... Parabéns a escritora R.J Palácio.
Merece ser aplaudida de pé. Me animou muito em saber que existe uma continuação da história de August. 
Como assim?
Bem existe outros livros que conta a versão de alguns personagens.
 Mencionam como foi entrada de Auggie e o quanto isso mudou suas vidas. Estou louca para saber mais e contar para vocês .
Filme adaptação: O filme me surpreendeu, tinha partes super parecidas com o livro.Irei citar apenas algumas coisas de diferentes:
 O capacete de astronauta sumiu antes da escola;Via não conheceu o Justin da forma do filme; O Julian à saída dele não foi assim; Não teve no filme o aparelho de audição; O acampamento não era ao ar livre,entre alguns relances.
De qualquer forma a semelhança foi incrível , não teve um momento que eu não tenha me emocionado e visto como o que eu imaginei foi parecido com o filme e isso é ótimo porque muitos que lê um livro antes do filme se sente triste pela diferença e isso não ocorreu.
Os atores foram incríveis amo o pai e mãe de August e a irmã também.
O Auggie foi brilhante e merece parabéns, um ótimo interpreti, incrível,consegui participar da história sentir a dor de cada personagem.

Recomendo os dois o livro e o filme .
Foi incrível poder assistir e ler esta história brilhante e extraordinária.

Um pouco da realidade A Doença:

  síndrome de Treacher Collins, e como dita no livro e filme e muito rara e. Como se ganhasse na loteria no avesso.

 Segue uma pesquisa feita no site da infoescola:

síndrome de Treacher Collins, também conhecida como síndrome de Treacher Collins-Franceschetti ou disostose madibulo-facial, trata-se de um distúrbio de caráter genético autossômico, que se caracteriza por deformidades craniofaciais.
Segue o site de pesquisa INFOESCOLA .


A realidade além dos livros e filmes.
Numa pesquisa feita no site da G1Globo 

Conta a história de Gabriel uma criança que nasceu com gene.
 É incrível a semelhança com livro. Gabriel tem uma irmã e também passou por mais de 21 cirurgias um grande herói.


Se vocês entrarem no site vão poder saber mais da história dessa criança batalhador e vão descobrir que a irmã do Gabriel e gêmea dele porém sem o gene .


Gosto de colocar os dois mundos juntos: o real e o imaginário para que assim nunca se esqueçam que existe sempre ambos os lados e que precisamos ser gentis como na história.

Um preceito que ao invés de escolher estar certo escolha ser gentil .
No mundo sabemos que muitas pessoas sofrem por rótulos que às vezes nós mesmo colocamos e esquecemos de olhar no próximo como a si mesmo.  Assim como eles temos rótulos também. Podemos ser identificado pelo simples fato de ter um cabelo enrolado ou pela nossa cor. E aí que está o erro.
Devia existir apenas às qualidades , o mundo não devia ser tão apontador se é que me entende. 
Devia ser mais incentivador, acredito que isso seria incrivelmente extraordinário para todos.
 Então repito com outras palavras a mesma frase  .
 Seja gentil, pois para você pode ser algo minúscula mais esta pequena ação pode transformar a vida de um ser. Uma pequena ação faz com que as pessoas se sintam extraordinário e especial. Lembre -se isso muda você, isso faz você evoluir e ser uma pessoa boa. É algo inevitável quando se pratica o bem.
Pense nisso!




Reveillon 2018




Todos nós esperamos ansiosamente a virada do ano de 2017 para 2018, normalmente na contagem as pessoas fazem os seus pedidos, sempre um pouco do mesmo, saúde, paz, esperança... Entre outras coisas,  mas esquece que isso tudo depende de nossas ações, não adianta apenas desejarmos,  se não fizermos um ano novo de busca por esses objetivos, por esses desejos. 

Pra esse ano, eu quero dizer uma coisa importante pra você que me lê agora, tudo que você desejou na virada, tudo que você pediu aos céus na hora daqueles fogos, vá em busca, não espere acontecer, corra atrás, faça seu plano de ação em busca de todos os seus desejos. Semeie os sentimentos que você deseja, para que o mundo seja reciproco na colheita. 


Nessa virada eu passei abraçada com meu amor Dayvid Carlos,  foi ótimo e  meu primeiro beijo do ano foi o dele, que aliás tenho certeza que terá muitos outros. Quando eu vi os fogos no céu, naquela noite, eu senti uma energia maravilhosa,  como é bom ver as pessoas se abraçando, desejando coisas boas para o próximo e para si mesmo sem ganhar nada por isso, porque todo final do ano no Natal no Reveillon  as pessoas mudam,  elas se renovam e não pensam só nelas, fraternidade, humanidade, amor transbordando, é uma das épocas mais lindas de um ano.  

Talvez devêssemos pensar que todo dia é Natal, que Todo dia é Reveillon e fazer com que o ano inteiro tenha esse clima de recomeço, tenha essa compaixão pelo próximo. Como é bom ser abraçada por pessoas com o coração esperançosos e que lhe trazem o conforto de que tudo pode ser melhor. Tudo está recomeçando. 


Quero agradecer a todos que estiveram comigo em vários momentos, bons e ruins pois eu acredito que 2017 me trouxe grandes presentes,  também tive perdas, mas que acima disso tudo me trouxeram uma nova perspectiva, um novo começo . É  nisso que acredito, até os momentos ruins ensinam algo pra gente, até as adversidades no final somam um saldo positivo em nossas vidas. 

Feliz 2018. 


NIKA AZEVEDO
LAYOUT POR LUSA AGÊNCIA DIGITAL